Pesquisar este blog

sábado, 19 de março de 2011

DISNEY BOARDWALK - VILLAS/INN


Antes de mais nada, quero dizer que não estou indo pra Disney de novo - por enquanto. Relendo meus posts antigos percebi que faltou algo importante pra ser falado, que é o hotel. Como venho recebendo alguns pingados emails de pessoas que estão programando suas viagens pra lá, resolvi fazer o post.
Quando fui à procura do hotel ideal, a princípio, tinha reservado um fora do complexo. Mas depois de ler muito a respeito, de pesar prós e contras, e de ter 2 filhos pequenos, resolvi que pra nós, o ideal no momento era pegar um Resort Disney. Foram vários dias olhando, procurando, comparando conforto, distâncias, preços, etc e tal, que chegamos a conclusão de que o Boardwalk seria excelente. Teria sido se não fosse por um porém: a vendedora da agência onde compramos nosso pacote nos vendeu uma coisa e recebemos outra. Vou explicar:
Quando resolvemos ir pra Disney, passei a fazer cotações de pacotes com várias agências, entre elas CVC e TAM. Ficamos com a segunda, pois minha comadre estava sempre comprando pacotes com eles e elogiou muito o serviço, tanto que ela também comprou o pacote pela TAM de Foz do Iguaçu (a mesma agência que nós). Mas resolvemos ficar em hotéis diferentes para que ninguém ficasse no compromisso de ter que fazer todas as coisas juntos, assim nos encontraríamos quando desse, e foi super tranquilo. Veja bem, o pacote da TAM estava quase 3 mil reais mais caro que o da CVC.
Adicionei a vendedora no meu msn e passamos a procurar juntas o hotel ideal. Passei pra ela que queria um apartamento, com máquina de lavar e secar, com cozinha completa e com sala e quarto separados. Ela me passou o link do Boardwalk, eu coloquei no google maps pra comparar distâncias e resolvemos ficar nele.
Na bagagem levei até fubá pra fazer polentinha pras crianças, que são umas pestes pra comer e super seletivas, pelo menos de fome não morreriam porque polenta sustenta. Ah, levei também minha erva, cuia e bomba pra tomar um chimarrão no fim do dia.
Quando chegamos ao hotel, maega exaustos, mais de 11 da noite, levei um susto ao abrir a porta do quarto e ver o engano. Fomos pra recepção, reclamamos, brigamos, insistimos, mas tanto, que eles acabaram chamando um funcionário brasileiro pra ver o por quê não estávamos nos entendendo. E com certeza, não nos entenderíamos mesmo. Nós compramos um pacote pro BOARDWALK VILLAS e a funcionária da TAM VIAGENS nos vendeu um pacote pro BOARDWALK INN. Os dois ficam no mesmo lugar, mas o Villas são casinhas muito charmosas, e o INN é apenas quarto comum de hotel.
Resumindo a história, tivemos que passar 2 semanas num quarto minúsculo e sem nenhuma das coisas que eu havia dado como prioridade pra nossa estadia. Por que eu não liguei pra agência logo? Não levei meu notebook, não levei os telefones da agência, ou seja, um caos. Confiei no serviço deles por isso nem me toquei de anotar os números num caso de emergência.
De volta ao Brasil, liguei pra essa funcionária e ela apenas se desculpou. Exigi ressarcimento e não fui atendida. O que vocês acham que caberia nesse caso? Eu me senti lesada, e ainda por cima, meu marido ficou louco da vida comigo porque eu não consegui nem reservar um lugar decente pra nós.
Veja bem, continuo achando o Boardwalk o melhor hotel disney, porque ele fica num pier onde se encontram excelentes restaurantes, pizzaria, bakery, doceria, lojas de conveniência, danceteria, enfim, uma infinidade de coisas que os outros resorts disney não oferecem, mas gostaria te ter sido colocada na acomodação pela qual eu paguei, e bem caro, o que não aconteceu.
só pra vocês terem um comparativo de hotéis, minha comadre ficou no SARATOGA, também dentro do complexo, mas eles não gostaram. O hotel é gigantesco e não tem nada ao redor. Apenas um restaurante que dava quase 1km do quarto deles, um silêncio de morrer. Quando foram conhecer o nosso ficaram encantados, tentaram fazer a mudança, mas não teve jeito. Anotaram o nome do hotel e na próxima viagem vão ficar no Boardwalk.
Depois desse incidente, nunca mais tive coragem de comprar qualquer coisa pela TAM VIAGENS.
Esse post serviu pra dar 2 dicas preciosas de DISNEY: 1)hotel Boardwalk; 2) fuja da TAM VIAGENS.

8 comentários:

Claudia Liechavicius disse...

Vivian,
É por esse tipo de situação que prefiro viajar por conta própria SEMPRE!!!
Escolho minhas opções na internet. Faço meus agendamentos de hotéis, carro, passagem. Tudo sozinha. Assim, tenho acesso às fontes e consigo resolver facilmente qualquer pepino.
Gostaria de pedir licença para adicionar seu link no meu blogroll. OK? E, já entrei como sua seguidora.
Bj
Claudia

Betty Gaeta disse...

Oi Vivian,
Comentei no post anteror, pois fiquei encantada com a bandeja.
Bjkas

Fabiana disse...

Vivian,
Que confusão, hein?!
Imagino o quanto vocês ficaram frustrados e se sentiram impotentes por não poder fazer nada por lá.
Mas aqui você pode, e começou bem, falando sobre isso, porque também serve de dica para todos nós.
Sempre que vou procurar um serviço novo, procuro referências e se tem negativas como essa, pulo fora.
beijos

Chez POPI disse...

Ai q chato! Tambem fiquei num dos Hotéis do complexo o Disney Movies. Gostei bastante, bem agitado com lojinhas, restaurante piscina enfim, cheio de crianças e deslocamento para os parques. esse eu não conheço, pena q deu errado....com certeza teria sido ideal para vc. Bjus da paula

Carol disse...

Deu mais medo agora.

Alexandra disse...

Oi Vivian
Concordo contigo. Aquela região é tudo! Eu não consegui ir no Kouzzina, não deu tempo. E agora estou arrependida pelo que tu me contou. Deve ser tuuuudo. Tens as fotos dos pratos que comeram lá? Se sim, me avisa.
bjs
Alexandra
www.cafeviagem.blogspot.com
www.destemperadinhos.com

Tahitiehaqui disse...

Oi Vivian.
Gostei muito do seu blog e já estou te seguindo. Quando puder, dá uma olhadinha no meu.
Se vc tiver como comprovar que pediu e pagou pelo primeiro hotel, mas foi parar no segundo, te aconselho a entrar com uma ação de ressarcimento por dano material e moral, no juizado especial. Isso é uma baita sacanagem!
Assim como a Cláudia do Viajar pelo Mundo, eu também faço tudo por conta. Mas, tem que falar Inglês razoavelmente bem para tanto, senão pode ter problemas.

Bjs,
Andressa

Tahitiehaqui disse...

Vivian,

Obrigada pela visita ao blog!

Se vc quiser ajuda para fazer sua ação, conte comigo. Posso te mandar um modelinho e, dependendo do valor que for pedir, nem precisa de advogado!

Não é por que sou advogada, mas tenho repulsa por má prestação de serviço. Acho que quanto mais botarmos a boca no trombone, menos seremos injustiçados.

A Air France me deu um baita problema em uma viagem com meu marido...No fim das contas, tiveram de nos pagar uma indenização polpuda, o que garantiu nossa viagem de junho à Europa.

Vai em frente, Vivian!

Bjs