Pesquisar este blog

domingo, 24 de fevereiro de 2008


Navego muito pela net. Até demais pro gosto do meu marido. A minha filha ja esta tao acostumada com isso que acaba inventando brincadeiras no meu pé, ao lado do computador. Mas nessas andanças acho tantas coisas lindas, diferentes, inusitadas. Ai pra nao atolar meu pc, criei um PICASA, la posto fotos tiradas por mim e fotos das minhas andanças pelo mundo virtual.

Percebo que as pessoas estao se enturmando, fazendo amigos dessa forma. Eu msm, participo de um grupo de maes na net, e ja fiz muitas amizades, conversamos diariamente pelo msn e até ja nos encontramos ao vivo e a cores com a familia toda a tiracolo. Acho muito bom isso, porque as vezes sao nessas pessoas virtuais que encontramos otimos amigos, até mais do que os reais. Mas pensando nisso, chego a conclusao de que nossa amizade so é tao boa porque nao convivemos diariamente, nao nos visitamos e nao precisamos aturar as chatices e TPMs desses amigos. Pq qdo estou assim, em tpm, simplesmente nao ligo meu PC. Dai fica facil nao magoar a pessoa que esta do outro lado. Fico muito feliz em saber que esse meu amigo confia em mim, me conta segredos, chora as pitangas nos momentos dificeis. E pra mim parece ser extremamente mais facil me abrir com esses amigos virtuais, me sinto segura, nada invadida, mesmo quando conto coisas particulares. Meu numero de amigos conquistados dessa forma cresce a olhos vistos, e quiça um dia, poderemos organizar um mega encontro em algum lugar lindo pra nos conhecermos e fazermos novos amigos.

Hoje estou lendo O Livreiro de Cabul. Alias, estou quase no fim, faltam 115 paginas apenas. De todas as leituras dos ultimos meses, esse nao foi o melhor de todos, mas posso muito bem citar o livro que mais mexeu comigo "A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS" quem conta a historia é a morte, e durante toda a trama ela esta cercando as pessoas e vive à sombra da personagem principal, uma menininha que so parece ser fraca, mas tem uma garra sem fim.

Recomendo essa leitura pra todas as idades, todas as religioes e todas as etnias. Mesmo fazendo 2 meses que terminei o livro, nenhum dia passo sem lembrar de algum trecho dele. Eh uma historia que mexe com o mais profundo sentimento que existe dentro de nos, e cada pagina lida, é uma sensaçao unica.

Um comentário:

Lú! disse...

Fico super feliz com seus comments e elogios, viu!?
Nossa e sinto a mesma coisa que vc, as pessoas que ando "conhecendo" nas minhas andanças por esse mundo infinito que é a internet são realmente especiais!
Um grande bjo da Lú!
:D