Pesquisar este blog

segunda-feira, 24 de março de 2008

rosquinhas da minha infancia

Essas rosquinhas me lembram a infancia. Nao, minha mae nao fazia pra nos, mas as vizinhas sim. E tambem na escola em que eu estudava tinha delas pra vender na hora do recreio. Quando a massa começou a assar, e o cheirinho invadiu a cozinha, tive certeza de que eram elas mesmo. Muita coisa de infancia veio à mente. Comprava uma dessas com uma garrafinha de Jaò - um refrigerente fabricado la na minha cidade mesmo, em Redençao.
Essa receita tirei do blog Sabores da Lica, que adoro, e nao passo um dia sequer sem dar uma olhadinhas nas peripecias dela na cozinha.




Receita da Lica: (ela chama de pao de coco e leite condensado)
1 lata de leite condensado
1 lata de água
100g de manteiga sem sal amolecida
5 ovos
2 colheres (sopa) de fermento seco para pão
1 colher (sopa) rasa de sal
1 kg de farinha de trigo comum peneirada (aproximadamente)
Recheio:
1 lata de leite condensado
1 1/2 xícara de coco ralado
Modo de preparo:
Coloque no copo do liquidificador o leite condensado, a água, a manteiga, 4 ovos, o fermento e o sal. Bata até ficar tudo bem misturado. Despeje numa bacia e vá juntando farinha aos poucos.
Vá misturando com o foà.
Quando a massa ficar mais pesada, despeje na mesa enfarinhada e vá sovando até soltar das mãos, juntando mais farinha se preciso.
Devolva a massa na bacia, cubra com filme plástico e deixe crescendo em lugar abafado até que dobre de volume, cerca de uma hora (aqui demorou mais, cerca de 1h30m)
Divida a massa em pedaços pequenos (eu fiz montinhos de mais ou menos o tamanho da minha mao)
Recheie ou apenas modele e disponha numa forma forrada com papel manteiga. Deixe crescer novamente até dobrar de volume. Pincele levemente com o ovo reservado batido e leve ao forno pré-aquecido a 180 oC até que fique dourado.
Para o recheio, é só misturar o coco com o leite condensado (a mistura deve ficar beeeeem pastosa pra nao escorrer td na hora de assar).
Como eu fiz:
a massa é super facil, gruda bastante nas maos no começo, mas é bem macia e leve. Foi bem mais que 1kg de farinha, portanto, tenha 2 quilos de reserva pra imprevistos.
Abri a massa com o rolo, mais ou menos 5cm de largura por uns 20cm de comprimento, passei o recheio e enrolei no sentido da largura (fica um rolinho com todo o comprimento da massa), depois cortei, media 3 dedos e cortava, nao ficou bem parelho (primeira vez, né?) mas ficou bom. Pincelei o ovo batido e levei pra assar.
Como faltou recheio de coco, improvisei com uma peça de goiabada que tinha na geladeira, ficou otimo.
Untei e enfarinhei muito bem a forma, nao pus papel manteiga. Depois que tirei do forno derramei fios de leite condensado sobre algumas rosquinhas (nao coloquei em todas pq o maridex podia nao gostar), fica melecado, mas ficou muito bom.

4 comentários:

Nivea disse...

Cu,
Deu água na boca!!!!
Já q vc ama cozinhar pode preparar essas guloseimas para comermos ai na tua casa em abril.
bju
Nívea

Anônimo disse...

Ai putz grilo to sabereando essa receita pela tela, pq não gosto de bacalhau, aliás nao como frutos do mar... vou tentar fazer essa rosquinha em casa, vou te contar depois quantas receitas joguei fora.
Beijos
Chris

Hazel disse...

Vivian,
Esta receita desconhecia e fez-me crescer água na boca. Miammmmm!!!!
Tenho que fazer aqui em casa para experimentar.
Beijos e parabés pelas fotos!!
Hazel

Ana. disse...

Vivian, es un placer pasearse por tu blog! Se derrite la boca!!!

Ya son varias recetas tuyas las que tengo pendientes!

Felicidades!