Pesquisar este blog

terça-feira, 4 de maio de 2010

DEU BOLO

Pois é, eu não fiz um bolo, eu levei um bolo. Lembram da enfermeira que ia começar ontem aqui em casa pra gente desmamar o Adriel na madrugada? Então, a v... não apareceu. Eis que eu, bem feliz fui pro meu volei, fiquei até as 9 da noite, deixei celular em casa, porque estava crente que ela chegaria aqui as 7h30 da noite. Mas a p... simplesmente não veio e ainda por cima desligou o celular. Estou ligando como doida no telefone dela, mas ela não me atende. Não sou uma pessoa barraqueira, geralmente encaro bem os bolos que levo da vida, mas essa tá difícil de engolir. Detesto pessoa sem palavra. Assumiu um compromisso, tem que cumprir.

Pra piorar, Adriel não dormiu nada na noite passada e de tabela não nos deixou dormir. Até agora estou sem saber porque ele se  comportou daquela forma. Ficou no colo o tempo todo, gemendo e se recusando a mamar no peito, o interssante é que a mamadeira de chá ele aceitou bem. Será que ele está querendo me desmamar totalmente? Toda vez que oferecia o peito levava uma bela mordida do pequeno, e ele está com os dentinhos muito afiados ai ai ai, como sofri. Devo admitir que não me sinto preparada para isso, apenas quero dormir a noite toda.

Mas como nem tudo é coisa ruim nessa vida, vou contar uma coisa boa, pelo menos por enquanto, porque, como diz uma amiga, "vassoura nova varre bem". Arrumei uma babá. E tem mais, é querida, e tem mais, tem disponibilidade de horário. Isso não é maravilhoso?

Pra ser sincera, eu exitei em arrumar alguém, achei que daria conta do Adriel sem babá, afinal, não trabalho fora. Mas quem é dona de casa sabe o quanto é exaustivo ser mãe. Preciso de um tempo pra ir na fisio (senão nem levanto da cama de manhã, pois sou travada). Preciso de tempo pra ir ao supermercado, à manicure, depilação e principalmente, preciso de tempo pra jogar meu volei e fazer minha dança do ventre, coisas das quais não abro mão pois me fazem um bem danado e mandam pra bem longe qualquer indício de depressão ou coisa parecida. Se tem uma coisa que eu recomendo é isso, arranje um tempo pra ti, nem que seja pra passear no shopping. Faça algo por você que tire totalmente tua cabeça de casa e das crianças no período que estiver fora, isso é fundamental pra uma boa saúde mental e pra gente se sentir, ativa e feliz.

Vamos ver quanto tempo essa história da babá vai durar. Pra mim, podia durar muiiiiiiiiiito, até o Adriel começar a ir pra escola, porque não tem coisa pior que ficar trocando de babá, com a Kiara troquei umas 6 vezes em 2 anos, até que decidi que era hora dela frequentar a escolinha e eu passei a me organizar dentro das 4h que ela estava lá, ou seja, eu me adaptei ao horário dela, e não o contrário, aliás, acho que nem existe o contrário, o bebê se adaptar a você, a partir do momento que decidimos ser mães devemos nos encaixar nessa nova etapa da vida e não encaixar a nova etapa na nossa, não é mesmo?

Vamos ver como Adriel vai dormir essa noite, tomara Deus que ele durma bem, pois estou ficando muito cansada com essa brincadeira de ser coruja.

Bj

14 comentários:

Fabiana disse...

Vivian,
lendo o seu post, passou um filme na minha cabeça....kkkk
tirando o bolo da enfermeira, é claro.
mas comigo foi a mesma coisa,
só consegui ter sossego e um tempinho para mim, quando coloquei os meus filhos na escolinha.
O meu caçula eu coloquei com 1 ano e meio, e a escolinha me ajudou em tudo, a tirar as fraldas cedo, a desmamar.....
Mas voltando ao outro assunto, também não suporto pessoa sem palavra.
Eu sou sistematica, então quando eu prometo alguma coisa, faço das tripas corações, mas faço.
boa sorte e boa noite.

Deusa disse...

Oi linda

A Maite hoje com 4 anos me deu um trabalhão também.....e no final de tudo era falta de uma rotina rigida...na alimentação e na hora de dormir.....eu fiquei sabendo quando ela tinha 8 meses e acordava 6 vezes para mamar que ela estava com fome,e olha que eu dava papinha,sopinhas...mas nunca rigidamente.Dai mudei tudo....começei a fazer uma sopinha um pouco mais forte com carnes em pedacinhos bem pequenos e muito molinhos e batata amassadinha,tipo purê....e fui colocando cenoura e outras verduras....depois de um kilo de 01 hora...eu começava rigidamente 2 horas antes dela dormir....dai o banho,massagem com oleo,bem devagar para relaxar,mamadeira com o leite que o pediatra deixar...no meu caso Nan 1.Quase morri na primeira semana,ela foi se adaptando e pronto....
Querida me descupe se não tem nada a ver o que estou dizendo....e que tem uma hora que eles enjoam mesmo do peito e ai e hora de reforço mesmo na alimentação.
Obs:Eu só dormia depois de 1 a 2 horas que ela ja tinha dormido...medo dela vomitar.
Beijim
Deusa
vasinhos coloridos

Deusa disse...

Descupe-me esqueci de dizer uma coisa...não ligue e nem aceite esta enfermeira mais...se ela não tem palavra,deve ser uma irresponsavel e só Deus sabe mais em que.
Beijim
Deusa

graziela disse...

eu nunca tive coragem de tirar um tempo para mim. O máximo que consegui foi fazer aula de pintura em tela uma vez por... ah, quando podia. Mas minhas crianças dormem cedo e dormem bem. Depois das nove da noite posso tudo! Tudo o que se pode fazer nesse horário, ao menos. Agora pinto em casa. Mas ainda falta muito para mim, tem dias que não consigo escovar os cabelos, minhas unhas vivem em estado deplorável.

E realmente, eles não se adaptam assim fácil.

Pri disse...

Amiga!!!! Sei bem o que uma noite mal dormida acaba com a gente! Olha, teve uns dias que a Juju começou a acordar 00:00 para mamar, coisa q nunca tinha feito desde q nasceu... no terceiro dia, me enchi de coragem e nao dei o peito... nunca mais acordou esse horário... Como ele já está com 7 meses, pq não tenta um leitinho em pó, pelo menos a noite... com o Matheus eu fui muito rígida nesse sentido e sofri madrugadas a dentro... hj sei q sou uma mãe melhor se conseguir descansar a noite... com a Juju ainda não senti essa necessidade, e ela ainda tá pequenininha... Força amiga!!!!! beijos!

Elen disse...

Saudades de aparecer por aqui...

Fiquei vendo os vários post , e amei cada foto do filhote... que lindo que está

e a Kiara está charmosa mesmo...

abraços cheirosos

Ministério da saúde disse...

Caro blogueiro,

A vacina contra Influenza H1N1, vírus que já matou 1.632 brasileiros, está disponível nos postos de saúde pública de todo o Brasil para pessoas com maior risco de desenvolver a forma grave da doença. A vacina foi testada, é segura e mais de 300 milhões de pessoas já foram imunizadas com esta vacina no Hemisfério Norte. Sábado, 24, começa mais uma etapa da campanha, voltada agora para a vacinação de idosos com doenças crônicas. No entanto, a população das outras etapas - jovens de 20 a 29 anos, grávidas, crianças maiores de 6 meses a menores de 2 anos e doentes crônicos com menos de 60 anos - ainda podem procurar os postos para se vacinar.Para mais informações sobre como se tornar um parceiro, escreva para fernanda.scavacini@saude.gov.br
Atenciosamente,
Ministério da Saúde

Cristiane A. Fetter disse...

Voce ainda tem sorte, aqui nos Esteite, tudo é mais difícil, tudo é mais caro e a gente tem que se virar sozinho.
Só quem está com grana sobrando pode contratar uma babá, se não é tudo por nossa conta, para você ter uma ideia, uma faxineira, nõa sai por menos de 80 dolares por 2 horas de trabalho.
Que saudades do Brasil, rs.
bjks

Simplesmente Luísa disse...

aiai, dá uma raiva msm!!! Tb já levei um bolo parecido e soltei fumaça!!!!!! Fiquei mto estressada!!!!
Eu nunca tive babá, mas tb não cuidava da casa, era só por conta dela (da minha filha)...fiquei com ela até 2 anos e depois comecei a fazer estagio e levei ela pra escolinha... Foi mto cansativo, mas amei ficar c ela, msm sem dinheiro, rssss.... ficava um lixo, mas valeu...
Boa sorte!!! Tomara q vc consiga alguem!!! Nao é facil ne???
Beijossssss

Sandra Peres disse...

Vivian, ainda bem que vc pensa assim e se cuida, os filhos são ótimos, maravilhosos, mas não podemos nos deixar de lado.

E se ele não costuma mamar durante a noite, se não estiver bem, também não vai querer, se aceitou o chá, já está bem, só não adoce!!!


Beijos

Ich, Hausfrau disse...

Poxa, que chato essa história da 'abençoada' da babá noturna não ter dados as caras... mas não fique se lamentando: simplesmente não era pra ser! Concordo com vc quando diz que a mulher precisa tirar um tempo pra ela, caso contrário entra em piração total. Boa sorte com a nova babá.

Tatiana Bonotto Cake Designer disse...

Vivian...
Adorei..seu blog...estou navegando pra divulgar meu blog.

Visite meu blog e se gostar vai ser um prazer ter sua companhia.

bjs

www.tatidesignercake.blogspot.com

Valentina disse...

Nossa, tem pessoas que nao tem o menor professionalismo,não?! Imagino como ficastes. Eu ficaria enlouquecida. Que bom que Deus te colocou uma otima baba no caminho.

Andrea Russo, Mãe, Jornalista e Apreciadora das Coisas Boas da Vida! disse...

Oi Vivian.. Estava lendo seu post sobre o soninho do baby e vejo que isso acontece em toda casa.. hahaha Os meninos são mais agitados.. sofri muito com a falta de sono do meu pequeno. Mas posso dizer que ele com 3 e minha filhota com 1.. nada mudou.. rs. Mina filha, chora pq a chupeta caiu.. nem procura.. já vai gritando. Quando chego pra colocar.. ela descobre que tem mãe e quer conversar... deito com ela. Aí o maior sei lá como descobre que estou deitada com ela e quer também..é um tal de ir para uma cama e outra. Mas há 1 mês resolvi isso de uma maneira que deixaria os pediatras de cabelo em pé... coloquei os colchões no chão do quarto.. um acampamento.. as crianças adoram e dormimos todos juntos.. até o meu marido entrou na brincadeira. E não é que as crianças dormem a noite inteira! e euzinha aqui tb! bjs.. vou seguir seu blog.. visite o meu www.girodesign.blogspot.com